Natação

Medalhista olímpica russa cai em antidoping e pode ser banida da natação

Yuliya Efimova, bronze em Londres-2012, é reincidente
17/03/2016 16:44 - Atualizado em 17/03/2016 16:44
Por ahe!
RIO

Medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, nos 200m, a russa Yuliya Efimova foi flagrada em exame antidoping por uso da substância meldonium, a mesma utilizada pela tenista Maria Sharapova e outros atletas. Por ser reincidente, a nadadora pode até ser banida do esporte.

Em outubro de 2013, Efimova acabou punida por 16 meses após utilizar o esteroide anabolizante DHEA. A irregularidade foi descoberta em um teste surpresa em Los Angeles, nos Estados Unidos. Agora, a atleta está suspensa pela Federação Internacional de Natação (Fina) provisoriamente.

O meldonium só entrou na lista de substâncias proibidas pela Agência Mundial Antidoping (Wada) em janeiro deste ano. Seu uso na Rússia é livre. O medicamento ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo. A defesa de Yuliya alega que a nadadora havia ingerindo a substância sem saber que ela estava presente em um suplemento autorizado.

Efimova é a atual líder do ranking dos 100m peito (1m05s70) e dona do segundo melhor tempo do ano nos 200m peito (2m21s41), atrás da japonesa Rie Kaneto. 



compartilhar no