Futebol

Jogadoras de time feminino de futebol são agredidas por rivais na Espanha e param no hospital

Uma delas ficou 24 horas em observação, mas nenhuma corre risco de morte
16/03/2016 15:50 - Atualizado em 16/03/2016 15:50
Por ahe!
RIO

As jogadoras do CF Feminino Cáceres, time de futebol feminino da Espanha, foram agredidas por torcedores e atletas do AD Naranjo depois de disputarem uma partida contra o rival, no domingo, pela Série B do Campeonato Feminino de futebol. De acordo com o jornal local “Extremadura”, duas das atletas tiveram que ser levadas ao hospital com ferimentos e fortes dores no corpo após serem espancadas. Uma delas ficou 24 horas em observação, mas nenhuma corre risco de morte.

As atletas agredidas se chamam Nerea, de 21 anos, e Selene, de 23. A segunda precisou ser submetida a uma ecografia devido aos golpes recebidos no pescoço, segundo a publicação espanhola.

– Eu estava sem entender. Estão me batendo? Eu dizia a mim mesma enquanto tentava proteger a minha cabeça com as mãos. Elas me jogaram no chão. Só sei que fui cercada por seis ou sete jogadoras do AD Naranjo. Uma companheira de equipe se atirou em cima para me proteger e me levaram para o vestiário – contou Nerea ao “Extremadura”.

O CF Feminino Cáceres enviou um relatório à Real Federação Espanhola de Futebol (RFFE) para pedir uma sanção exemplar. Uma das agressoras foi identificada e seria mãe de uma das jogadoras da equipe, que é de Córdoba, de acordo com o jornal.

Na queixa apresentada pelo clube consta que cerca de 40 pessoas entraram em campo, mas entre 10 e 15 começaram a agredir as jogadoras. Algumas atletas do AD Naranjo também começaram a bater na rivais. Não havia polícia no momento, já que a partida não tinha muitos torcedores. Os agentes chegaram minutos depois da confusão.

Jogadoras mostraram os ferimentos na internet - Reprodução 


compartilhar no