Futebol

Jogador da seleção inglesa é demitido por assédio sexual a menor de idade

Adam Johnson deixou o Sunderland após se declarar culpado
11/02/2016 20:51 - Atualizado em 11/02/2016 20:51
Por ahe!
RIO

O Sunderland demitiu nesta quinta-feira Adam Johnson, meia da seleção inglesa, após o jogador se declarar culpado de atividade sexual e assédio a uma menor de 15 anos, em Bradford, no norte da Inglaterra.

- Após a declaração de culpa de Adan Johnson, o clube rescindiu seu contrato de maneira imediata. O clube não quer fazer outro comentário - anunciou o Sunderland em comunicado.

Momentos antes do comunicado oficial do clube ser emitido, o técnico do Sunderland, Sam Allardyce, admitiu que Johnson, com um salário de 86.804 dólares por semana, não enfrentaria o Manchester United no sábado, pelo Campeonato Inglês.

Depois de ser preso em março do ano passado, o jogador foi inicialmente suspenso pelo Sunderland, mas logo recebeu a permissão de continuar a carreira. No último sábado, Johnson marcou o gol de empate em 2 a 2 diante do Liverpool. A Adidas, empresa de material esportivo, anunciou que decidiu encerrar o patrocínio com o meia inglês.

Johnson, que vestiu a camisa da seleção da Inglaterra 12 vezes, iniciou a carreira do Middlesbrough, antes de se transferir ao Manchester City. Em 2012, assinou com o Sunderland, numa transferência de 15,3 milhões de dólares.


compartilhar no