Boxe

Robson Conceição perde na semifinal do Mundial de Doha e precisa torcer por algoz

Três primeiros colocados em cada categoria garantem vaga nos Jogos Rio 2016
12/10/2015 14:16 - Atualizado em 12/10/2015 14:25
Por Francisco Junior
RIO

Robson Conceição terá que torcer para Albert Selimov ser campeão para ficar com vaga direta para os Jogos Rio 2016 – Divulgação/AibaO último brasileiro que ainda restava no Campeonato Mundial de Boxe, realizado em Doha, no Catar, foi eliminado. Robson Conceição acabou derrotado, por decisão unânime dos juízes, pelo atleta do Azerbaijão Albert Selimov. Por ter alcançado às semifinais, a medalha de bronze na competição já estava garantida. No entanto, além de lutar nesta segunda-feira por um lugar na final, o pugilista da categoria leve (até 60kg) buscava garantir também uma vaga direta para os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Em competições de boxe os pugilistas derrotados nas semifinais recebem medalhas de bronze sem a necessidade de confronto direto. Apesar disso, apenas os três primeiros colocados no Mundial garantem vagas para o Rio 2016. Por isso, Robson Conceição terá que torcer para que o algoz desta segunda-feira fique com o ouro para garantir um lugar nas Olimpíadas do Rio de Janeiro.

Veja mais: Campeão mundial sofre lesão e 'Batman', o desafiante, fica sem adversário

A trajetória de Robson Conceição na competição começou com vitória sobre o russo Adlan Abdurashidov, na última sexta-feira. Na sequência, já no sábado, ele passou pelo britânico Joseph Cordina e ficou entre os quatro primeiros colocados. A outra semifinal do peso leve terminou com triunfo do cubano Lázaro Álvares. Também por decisão unânime dos juízes, ele venceu o representante do Uzbequistão, Elnur Abduraimov.

Na categoria até 52kg, Elvin Mamishada protagonizou o primeiro nocaute do Mundial de Doha. Após colocar o argelino Mohammed Flissi na lona duas vezes com potentes cruzados de esquerda, o juiz encerrou o combate. Assim, Mimishada vai enfrentar o cubano Yosbany Veitia, que passou pelo chinês Jianguan, por decisão unânime dos juízes.

Veja mais: Nocaute em luta na África do Sul causa morte de boxeador

Na corrida pelas vagas no torneio de boxe dos Jogos Olímpicos Rio 2016,
o Brasil terá o direito de convocar cinco pugilistas do gênero masculino para acrescentar aos possíveis já classificados (é permitido apenas um atleta por categoria em cada país). Os atletas brasileiros ainda terão a chance de se garantir pelo pré-olímpico das Américas ou por dois pré-olímpicos mundiais, que serão realizados em 2016.

Confira o vídeo com alguns momentos de Robson Conceição no Mundial de Doha:

 


compartilhar no