Tênis

Novak Djokovic visita centro destinado às crianças refugiadas; veja o vídeo

Sérvio é embaixador do Unicef e busca desenvolver a primeira infância no país dele
26/09/2015 17:12 - Atualizado em 26/09/2015 17:28
Por ahe!
RIO

O tenista número 1 do mundo tem uma Fundação para cuidar de crianças carentes – Divulgação/UnicefO tenista número 1 do mundo, Novak Djokovic, é também um embaixador da boa vontade pelo Unicef. Demonstrando preocupação com a crise migratória que vem abalando a Europa nos últimos meses, o sérvio visitou um centro destinado para crianças refugiadas na cidade de Belgrado, onde nasceu. O Governo da Sérvia, a cidade de Belgrado e o Unicef formaram uma parceria para formar um local adequado para crianças, com uma sala de amamentação para os bebês refugiados e migrantes e suas mães.

- Essas crianças viajaram com seus famílias por dias, suportando um calor escaldante e noites frias e úmidas. Estão exaustos fisicamente e psicologicamente traumatizados. Muitos outros refugiados e muitas crianças na Europa estão vivendo em condições inadequadas. Muitos dormem ao ar livre. E, com o inverno se aproximando, a saúde dessas crianças é um risco - disse o tenista.

Veja mais: Jogos Rio 2016 fazem Federer abandonar a Suíça na Copa Davis de 2016

Antes de disputar o US Open, torneio onde chegou a conquista do décimo Grand Slam, o número 1 do mundo firmou parceria entre o Banco Mundial e a Fundação Novak Djokovic para promover o desenvolvimento da primeira infância, que visa conscientizar as pessoas sobre a importância de investir cedo na vida das crianças.

Entre os cerca de 130 mil refugiados registados na Sérvia como requerentes de asilo desde o início deste ano, as crianças constituem 29%. A maioria dos refugiados é oriunda de países como: Síria, Afeganistão e Iraque, locais a violência está fora de controle.



Veja mais: Nadal vai formar dupla com Fernando Verdasco nos Jogos Rio 2016


compartilhar no