Atletismo

Fabiana Murer conquista ouro no Meeting de Zagreb e fecha temporada com brilho

Vice-campeã mundial, brasileira completa 10º ano no top 10 do ranking internacional
09/09/2015 14:24 - Atualizado em 09/09/2015 14:37
Por ahe!
RIO

Com a marca de 4,50m, Fabiana Murer alcançou o recorde do campeonato - Reprodução/FacebookO Meeting de Zagreb, na Croácia, fechou o calendário da brasileira Fabiana Murer em 2015. E coroou mais uma grande temporada da atleta no salto com vara. Fabiana venceu a prova disputada na terça-feira com 4,50m, recorde do campeonato. A saltadora, de 34 anos, encerra o ano como vice-campeã mundial, medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Toronto e dona da segunda melhor marca do mundo.

Representante do BM&FBovespa, Fabiana também alcança mais um patamar respeitável no atletismo. Pela décima temporada consecutiva ela termina entre as dez melhores no ranking mundial do salto com vara. Agora, retorna ao Brasil para um período de férias antes de retomar os trabalhos com foco voltado para os Jogos Olímpicos Rio 2016.

- Eu vejo que todo mundo da minha geração está parando, só estamos eu, a Jennifer (Suhr, campeã olímpica) e a Martina (Strutz, prata no Mundial de Daegu 2011). A Holly Bradshaw (saltadora britânica) tem dez anos a menos que eu. Vejo novas atletas vindo, uma nova geração e fico contente por me manter em alto nível por todos esses anos - disse Fabiana.

Veja mais: Usain Bolt brilha novamente e fatura o tricampeonato mundial nos 100m rasos

O técnico Elson Miranda, que acompanha Fabiana desde o dia em que ela fez o teste para a escolinha de atletismo em Campinas, em 1997, parabeniza a saltadora pela marca conquistada.

- Estou muito orgulhoso da Fabiana, de poder treiná-la. Ela continua no alto nível, batalhando muito. E que carreira, não? Em meio aos altos e baixos, ela se mantém. Nesse ponto, a Fabiana é uma unanimidade: é a atleta que mais tempo compete em alto nível - elogiou.

Fabiana Murer tem em seu currículo quatro medalhas em Mundiais (dois ouros, uma prata e um bronze, em competições indoor e outdoor), três medalhas em Jogos Pan-americanos (com destaque para o ouro no Rio 2007), além de dois títulos em edições da Diamond League (2010 e 2014).

Veja mais: Australiana diz que temeu por amputação do braço após queda em Roma; veja


compartilhar no