Vela

Brasil encerra participação no Mundial da Classe Nacra 17

Três duplas do país disputaram a flotilha prata na competição realizada na Dinamarca
11/07/2015 16:03 - Atualizado em 11/07/2015 16:03
Por ahe!
RIO

João Bulhões e Gabriela Nicolino terminaram na 42ª colocação geral - DivulgaçãoA terceira edição do Campeonato Mundial da Classe Nacra 17 terminou nesta sexta-feira, na cidade de Aarhus, na Dinamarca. O Brasil foi representado por três duplas que se classificaram para a flotilha prata na fase final e não brigaram por medalha. Somente os 33 barcos na flotilha ouro poderiam ir ao pódio.

André Mirsky e Kyra Mirsky terminaram na quinta posição na flotilha prata (38º no geral), com 90 pontos perdidos. João Bulhões e Gabriela Nicolino chegaram em 9º (42º no geral), com 96. E Juliana Mota e Andres Leandro Azabuya ficaram em 10º (43º no geral), também com 96 pontos perdidos.

Nas sete regatas disputadas, o melhor resultado de André e Kyra foi um segundo lugar, obtido nesta sexta-feira na última regata da competição. João e Gabriela conseguiram uma quinta posição, enquanto Juliana e Andres obtiveram uma quarta colocação.

Dupla que tem dominado a Nacra 17 desde que a classe se tornou olímpica, os franceses Billy Besson e Marie Riou mantiveram o domínio e venceram o Mundial pela terceira vez consecutiva. Eles também foram os vencedores do Aquece Rio 2014, evento-teste da vela para os Jogos Olímpicos Rio 2016, realizado em agosto. A dupla deve retornar à cidade carioca no próximo mês para disputar novamente o evento-teste na Baía de Guanabara.

A medalha de prata ficou com a dupla australiana Jason Waterhouse e Lisa Darmanin. O bronze ficou com Mandy Mulder e Coen de Koning, da Holanda.

Veja mais: Robert Scheidt e Bruno Fontes encerram participação no Mundial da Classe Laser


compartilhar no