Tênis

Novak Djokovic vence Richard Gasquet e vai tentar o tricampeonato em Wimbledon

Atual campeão do torneio e número 1 do mundo triunfou em 2011 e 2014
10/07/2015 11:33 - Atualizado em 10/07/2015 12:04
Por ahe!
RIO

Campeão em Wimbledon em 2011 e 2014, Novak Djokovic perdeu para Andy Murray na final de 2013 – Divulgação/WimbledonO número 1 do mundo, Novak Djokovic, prevaleceu na abertura das semifinais de Wimbledon. Nesta sexta-feira, o atual campeão do torneio inglês venceu Richard Gasquet, 20º colocado no ranking da ATP, por 3 sets a 0, parciais de 7/6 (7-2), 6/4 e 6/4 e vai disputar sua quarta final na grama do All England Club. O sérvio foi campeão em 2011 e 2014.

A 12ª vitória do sérvio em 13 jogos contra o francês teve equilíbrio somente no primeiro set, quando Djokovic errou 11 vezes contra apenas três do francês. Na sequência, o número 1 chegou a abrir 3 a 1. No entanto, levou um susto e viu o adversário se aproximar. Novamente com consistência em seu saque, Nole fez 6 a 4 e anotou 2 sets a 0. Na terceira parcial, Djokovic deixou o triunfo encaminhado logo nos games iniciais. E assim fez 6 a 4 novamente e fechou o jogo após 2h20m.

Com o triunfo, Djokovic vai jogar sua 17ª decisão de Grand Slam. Em caso de vitória na final, o sérvio iguala o número de troféus em Wimbledon de seu técnico Boris Becker, vencedor em 1985, 1986 e 1989. Além disso, ele pode celebrar sua 200ª vitória nos torneios mais importantes do calendário. O líder do ranking, que só perdeu três partidas (47 vitórias em 50 jogos) no ano, coleciona cinco troféus na temporada.

Seu rival na decisão sai do duelo entre o suíço Roger Federer e o britânico Andy Murray. Djokovic perdeu 20 vezes para Federer e apenas oito para Murray. O confronto com Federer reeditaria a final de 2014, vencida pelo sérvio. Já diante de Murray, seu algoz na grama inglesa há dois anos, seria a reedição de 2013.

Veja mais: Serena bate freguesa Maria Sharapova e enfrenta jovem na final de Wimbledon


compartilhar no