Taekwondo

Wada diz que Anderson Silva está liberado para disputar os Jogos Olímpicos

Atleta, que tenta uma vaga na seleção, foi suspenso provisoriamente por doping no UFC
28/04/2015 09:31 - Atualizado em 28/04/2015 09:35
Por ahe!
RIO

Anderson Silva, que vai buscar uma vaga na seleção brasileira de taekwondo para os Jogos de 2016, no Rio de Janeiro, recebeu uma boa notícia. A Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) comunicou que não irá proibir o atleta, punido por doping no UFC, de disputar a Olimpíada caso realmente se classifique.

Anderson foi flagrado em exame antidoping realizado antes do UFC 183, em janeiro deste ano, quando derrotou Nick Dias. Suspenso provisoriamente pela Comissão Atlética de Nevada (EUA), o brasileiro será julgado em maio e poderá ser suspenso de nove meses a dois anos. A comissão americana, entretanto, não segue as regulamentações da Wada.

 

- A Agência Mundial Antidoping não proíbe o atleta de competir no Rio de Janeiro no taekwondo, pois o referido teste não foi conduzido por um signatário do nosso código. A Wada reconhece as sanções aplicadas apenas pelos signatários do código. Não temos jurisdição sobre organizações que não são signatárias dos nossos códigos - informou a nota oficial.

As seletivas para que seja formada a seleção começam em janeiro do próximo ano. O Brasil tem uma medalha olímpica no taekwondo. Nos Jogos Olímpicos de 2008, em Pequim, na China, Natália Falavigna garantiu o bronze. Para 2016, o país, por ser sede, tem quatro vagas asseguradas e poderá ficar com mais quatro através do ranking.


compartilhar no