Basquete

Jogadora universitária de 19 anos morre após travar batalha conta o câncer

Americana Lauren Hill tinha doença cerebral terminal e inoperável
10/04/2015 13:06 - Atualizado em 10/04/2015 13:20
Por ahe!
RIO

A luta contra um câncer cerebral terminal e inoperável derrotou Lauren Hill. Nesta sexta-feira, a americana, que, em novembro do ano passado, realizou o sonho de jogar basquete pelo Mount Saint Joseph, time universitário dos Estados Unidos, morreu aos 19 anos.

Ainda no ensino médio, quando tinha 18 anos, Lauren Hill sentiu os primeiros sintomas da doença. O tumor afetava a coordenação da jovem e obrigava a jogadora destra a arremessar com o braço esquerdo.

Sua força de vontade deu início a uma campanha sobre o câncer cerebral, que afeta, especialmente, crianças entre 4 e 9 anos. Até agora, a campanha arrecadou cerca de US$ 1,5 milhão.

 


compartilhar no