Rio 2016

TCU aponta falhas na preparação do Rio para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos

Órgão questiona a falta de transparência no controle dos projetos, destaca a possibilidade de um défict publicou e critica o legado
19/12/2014 09:52 - Atualizado em 19/12/2014 09:52
Por ahe!
RIO

TCU questiona andamento das obras para os Jogos de 2016 - Alex Ferro/Rio 2016O Tribunal de Contas da União (TCU) soltou um balanço no início deste mês das ações empreendidas em 2014 e destacou alguns problemas na preparação da cidade do Rio de Janeiro para receber os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016.

– Foram constatadas falhas e inconsistências na matriz, que prejudicam a transparência e o controle dos projetos. Com relação às obras das futuras instalações dos Jogos Olímpicos, o TCU verificou que os prazos para suas conclusões são muito curtos. Esta situação representa risco para realização do evento, além de possibilitar aumento nos custos, comprometimento da qualidade e da segurança dessas construções – escreveu em um trecho do documento o relator e atual presidente do TCU, Aroldo Cedraz.

O TCU ainda destacou problemas na governança dos Jogos. Segundo o órgão, as obrigações do município, estado, governo federal e do Comitê Organizador dos Jogos precisam estar bem especificadas.

O documento ainda apontou duas preocupações do TCU: o acompanhamento e avaliação do déficit público e do legado. A preocupação do órgão é que as esferas de governo cubram eventual déficit financeiro do Comitê Rio-2016.

O Comitê Rio-2016 informou, através de nota, que cumpriu todas as determinações feitas pelo TCU e que já entregou toda a documentação pedida pelo órgão.

Veja o comunicado do Comitê Rio-2016

"Não utilizamos, em cinco anos de atividades, nenhum tipo de recurso público. Trata-se de um fato histórico em mais de 100 anos de Jogos Olímpicos. É nosso intuito seguir assim até o final... No último dia 05 de novembro, entregamos toda a documentação solicitada pelo TCU".


compartilhar no