Paradesporto

Oscar Pistorius se livra da prisão perpétua, mas deve ser acusado de homicídio culposo

Juíza Thokozile Masipa só deve anunciar o veredicto final nesta sexta-feira
11/09/2014 09:50 - Atualizado em 11/09/2014 14:11
Por ahe!
RIO

Foto: AFPSegundo a juíza Thokozile Masipa, Oscar Pistorius não premeditou o assassinato de sua namorada Reeva Steenkamp, a quem matou com quatro tiros em fevereiro do ano passado.

Livre da acusação de homicídio doloso, Pistorius não corre mais risco de ser condenado à prisão perpétua. Mas, muito provavelmente, será condenado por homício culposo quando a juíza der o veredicto final, o que deve acontecer nesta sexta-feira.

Veja mais: Sem medo de 'assombração', homem compra casa de Oscar Pistorius

Nesta quinta-feira, Thokozile Masipa acusou Pistorius de ter sido "negligente" e de ter usado "força desproporcional" ao disparar quatro tiros contra Steenkamp, ainda que a tenha confundido com um ladrão, como o sul-africano argumenta desde o primeiro momento.

- Ele (Pistorius) poderia ter ligado para a polícia ou ido até a varada pedir por socorro em vez de se levantar e ir perto do banheiro onde estava Reeva para atirar - argumentou a juíza.

Embora tenha dito que a promotoria falhou em provar que Pistorius premeditou o assassinato de Reeva, Masipa afirmou que "homícidio culposo é uma condenação decente", descartando inocentar o atleta.


compartilhar no