Basquete

Flu não consegue patrocínio suficiente e desiste de disputar sexta edição do NBB

Tricolor das Laranjeiras vai se pronunciar oficialmente ainda nesta terça-feira
13/08/2013 10:08 - Atualizado em 13/08/2013 12:19
Por Francisco Junior
RIO

O Fluminense recebeu o convite para participar da festa de gala do basquete brasileiro, o NBB, mas não conseguiu os trajes necessários para entrar no salão. Como o ahe! apurou, o Tricolor das Laranjeiras não vai jogar a sexta edição da maior competição da modalidade no país.

Além da falta de verba - o clube e a agência de marketing responsável por encontrar os parceiros conseguiram apenas o acordo com a Universidade Estácio de Sá -, questões políticas atrapalharam a entrada do Fluminense no NBB. O patrocinador principal do futebol (Unimed) estava disposto a ajudar. No entanto, um possível racha entre Celso Barros, presidente da empresa de saúde, e Peter Siemsen, presidente tricolor, travou o andamento das negociações.

Veja mais: Flamengo apresenta dois reforços estrangeiros para defender o título do NBB

A divulgação da tabela do Campeonato Carioca 2013, neste final de semana, já dava indícios de que o Fluminense não havia obtido êxito em seu projeto. Antes disso, o técnico Walter Roese, contratado para ser o comandante do time no NBB, foi o primeiro a pular do barco.

A definição sobre jogar ou não o NBB6 sairá, impreterivelmente, nesta terça-feira, quando o Conselho da Liga Nacional vai divulgar o número de clubes participantes e a tabela da competição. E não será novidade se outros clubes anunciarem a desistência.

Confira abaixo a nota oficial na íntegra:

O Fluminense Football Club optou por agir com responsabilidade e não disputará o NBB (Novo Basquete Brasil) 2013/14. Apesar de todo apoio da Liga Nacional de Basquete, além dos esforços feitos pelas empresas que fizeram parte do projeto, a captação para viabilizar a participação do clube não atingiu os níveis que seriam necessários para honrar com a tradição dos esportes olímpicos, que é buscar o título em todas as competições que disputa.

O clube mantém seu desejo de figurar entre as equipes que fazem parte da elite do basquete brasileiro e seguirá em busca de seu objetivo.

Veja mais: Fla se irrita com 'não' e dispara contra CBB: 'Tem que respeitar os clubes'


compartilhar no