Paradesporto

Oscar Pistorius alega ter 'esquecido' senha do Iphone e atrasa investigação

Policiais acreditam que o telefone foi usado na noite em que atleta matou namorada
24/06/2013 08:45 - Atualizado em 24/06/2013 09:41
Por ahe!
RIO

Com a alegação de que esqueceu a senha de seu Iphone (utilizado na noite do crime), Oscar Pistorius deixou de colaborar com as investigações do assassinato da modelo Reeva Steenkamp, sua namorada, segundo reportagem do jornal The Mail.

Policiais sul-africanos estão em contato com empresa Apple para que seja possível acessar o aparelho de Pistorius, que foi encontrado no banheiro onde Reeva foi morta. Ainda de acordo com o The Mail, quatro aparelhos celulares foram encontrados na cena do crime (dois Blackberries e dois Iphones).

- Pistorius diz que não se lembra do código e não conseguimos ter acesso ao telefone. Será fundamental que técnicos da Apple nos ajudem. Não posso concluir se a falha na memória de Pistorius é suspeita, mas o celular claramente foi utilizado na noite do crime - disse o detetive que chefia as investigações.

Veja mais: Julgamento de Pistorius é adiado pelo tribunal da África do Sul para agosto

O atleta paralímpico, de 26 anos, é acusado de ter cometido um crime premeditado. Diante disso, investigadores acreditam que o celular possa conter evidências fundamentais.

Oscar Pistorius diz que confundiu sua namorada com um intruso e por isso atirou quatro vezes contra a porta. No entanto, O local onde o Iphone foi encontrado, próximo ao chuveiro, pode ser uma evidência de que o casal teve uma discussão violenta antes de Reeva se trancar no banheiro.

Veja mais: Pistorius está 'em vias de cometer suicídio', diz amigo próximo do sul-africano


compartilhar no