Copa 2014

Copa das Confederações pode acontecer em apenas quatro cidades

Por enquanto, os estádios do Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Salvador estão confirmados; as arenas de Recife e Salvador estão sob júdice
18/10/2012 18:23 - Atualizado em 18/10/2012 18:42
Por AFP
Rio

Walter de Gregorio, diretor de comunicação da Fifa, ao lado do presidente da CBF, José Maria Marin - Vanderlei Almeida/AFPDevido ao atraso nas obras dos estádios, a Fifa trabalha com a possibilidade de realizar a Copa das Confederações em quatro cidades e não em seis, como o Brasil propôs originalmente.

- São necessárias ao menos quatro, mas ainda é possível que aconteçam em cinco ou seis – explicou, nesta quinta-feira, Walter de Gregorio, diretor de comunicação da Fifa, após reunião com o Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014. – As sedes serão anunciadas no dia 8 de novembro, em São Paulo.

Nesse dia, também serão informados os detalhes os ingressos, cuja venda começará no dia 3 de dezembro.

Veja mais: Fifa aceita projeto de ingressos gratuitos para indígenas e beneficiários do Bolsa-Família

A Copa das Confederações irá acontecer entre 15 e 30 de junho de 2013 em quatro cidades confirmadas: Rio de Janeiro e Brasília, onde serão disputadas a final e a abertura respectivamente, Belo Horizonte e Fortaleza, sedes das semifinais. Recife e Salvador entram no calendário da fase de grupos, mas sua permanência dependerá do estado das obras.

Esta semana, em uma visita ao Brasil, o secretário geral da Fifa, Jerome Valcke alertou sobre os atrasos da Arena Pernambuco, o estádio que mais preocupa, e que a oito meses da Copa das Confederações está apenas 64% pronto.

- Neste momento, não temos condições de organizar o evento em seis estádios. O que posso dizer é que temos menos. Poucos estádios serão entregues a tempo. Os trabalhos precisam ser agilizados – disse Volcke, que foi hospitalizado na noite de quarta-feira no Rio com infecção urinária.

Veja mais: Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa, é internado com infecção no Rio de Janeiro

De acordó com as regras da Fifa, os estádios precisam estar prontos com um mês de antecedência do evento para a fase de testes.

- Precisamos de tempo entre a entrega dos estádios e a Copa das Confederações. Precisamos de tempo para checar e controlar tudo, como segurança, telecomunicações – destacou Gregorio.

O governo brasileiro, no entanto, confia que o Brasil irá entregar os seis estádios a tempo, conforme reiterou o ministro de Esporte, Aldo Rebelo.

- Até o início de novembro, trabalhamos com a hipótese de seis estádios – disse Rebelo em coletiva de imprensa. – Observamos que a evolução das obras da arena pernambucana está caminhando em ritmo mais rápido do que o das outras 12. Se continuar assim, eles podem ter o estádio pronto para a Copa das Confederações.

Veja mais: Secretário da Fifa e Ministro do Esporte visitam o Beira-Rio

Além da Espanha, campeã mundial na África do Sul, em 2010, e Brasil, país anfitrião, participam do torneio as seleções do México, campeão da Copa Ouro da Concacaf; Uruguai, vencedor da Copa América; Japão, vencedor da Copa Asiática; Itália, vice-campeão da Eurocopa-2012; Taiti pela Oceania; e o campeão da Copa Africana das nacções-2013.


compartilhar no