Rugby

Seleção brasileira de rugby sub-18 vence e disputa título do Consur B contra a Colômbia

Tupis chegam à decisão do torneio, realizado na Venezuela, na condição de favoritos
12/09/2012 16:59 - Atualizado em 18/09/2012 15:59
Por Assessoria de imprensa
Sao Paulo/SP

A seleção brasileira masculina de rugby sub-18 conquistou mais uma vitória no Campeonato Sul-Americano da categoria, denominado Consur B, que está sendo realizado na cidade de Valência, na Venezuela.

Com um padrão de jogo forte e veloz, os tupis superaram os anfitriões do torneio por 69 a 0. Agora, os atletas da nova geração da modalidade encaram a Colômbia na decisão. Quem vencer o duelo marcado para esta sexta-feira, às 17h30m (de Brasília), disputará o jogo de acesso para a divisão de elite do rugby sul-americano contra o último colocado do Consur "A".

Jogando no Estádio Arístides Pineda, a equipe brasileira manteve uma postura ofensiva e coordenada diante dos venezuelanos desde o início da partida. Lucas Drudi abriu o placar aos quatro minutos com um try convertido por Gabriel Assunção, que aos sete minutos também marcou um penal. João Bello, Lucas Tranquez e Rafael Franz ampliaram a vantagem, fazendo os tupis saírem para o intervalo com a vantagem de 29 a 0 no placar.

Na segunda etapa, João Bello mostrou que estava inspirado e anotou mais dois tries, convertidos por Pedro di Pilla. Lucas Drudi, Lucas Domingues e Lucas Tranquez também marcaram e junto com Luis Gustavo Andrioti encerraram a partida em 69 a 0 para o Brasil.

Os tupis chegam à final na condição de favoritos, já que as estatísticas comprovam a eficiência nacional dentro de campo. Enquanto os colombianos, também conhecidos como tucanos, têm 84 pontos marcados e 8 pontos sofridos, os brasileiros chegam com apenas 3 pontos contra e 152 a favor. A Colômbia passou pela Venezuela, 12 a 8, e pelo Peru, 72 a 0. Além de derrotar os donos da cara, o Brasil venceu o Peru por 83 a 3 na estreia. Outro detalhe pode fazer a diferença nessa campanha brasileira de volta à elite do rugby sul-americano. A equipe masculina sub-18 ainda conta com a experiência de profissionais da Nova Zelândia, que atualmente lidera a comissão técnica de alto rendimento da Confederação Brasileira de Rugby (CBRu).




compartilhar no