Rugby

Os Cães de Pedra impõem o rugby da Serra na elite estadual

Projeto começou por iniciativa de amigos que, a princípio, só queriam se divertir
11/09/2012 16:50 - Atualizado em 18/09/2012 15:19
Por Juliano do Espírito Santo
Nova Friburgo/RJ

Nova Friburgo, cidade da região serrana do Estado do Rio de Janeiro, também tem seu time de rugby. Há cinco anos, o Friburgo Rugby Futebol Clube, que começou por iniciativa de um grupo de amigos que, inicialmente, só tinham o interesse pela modalidade para ter mais uma opção de lazer, vem se tornando uma aposta do esporte para o futuro da região. Não deve ser à toa que o time é chamado de Cães de Pedra – uma alusão à pedra do Cão Sentado, símbolo turístico da cidade.

Desde o ano seguinte à sua fundação, em março de 2007, o time está na elite fluminense da modalidade. Mostrando garra e determinação, o FRFC levou a equipe a um alto nível de competição. Já no ano de 2008 sagrou-se campeão Estadual da série B e até hoje se mantém na posição entre os principais times do Estado.

Mesmo no ano passado, tendo sido um ano difícil para todo o Município e região, em função da tragédia climática, que deixou o time sem campo para treinos ou para realização de jogos do campeonato em casa, o time sagrou-se vice-campeão estadual.

Já neste 2012, o cenário melhorou, com o time conseguindo realizar uma série de partidas pelo campeonato fluminense em casa, no Campo do Amparo Futebol Clube, histórico e acolhedor distrito de Nova Friburgo.

Foi lá por exemplo, no Estádio Guilherme Gripp que, no último 15 de julho, o Friburgo Rugby conseguiu mais uma importante vitória. Ao derrotar a equipe do Itaguaí, por 39 x 10, num emocionante jogo de virada, conquistou o quinto lugar e garantiu sua permanência na série A.

Projeto da escolhinha e equipe feminina

Também neste ano, uma iniciativa positiva para o Friburgo Rugby foi a implantação, a partir de março, de sua escolinha, com aulas totalmente gratuitas para crianças a partir dos oito anos de idade, com a única exigência do desempenho escolar. Nos treinos semanais das manhãs de sábado, o coordenador Juca Santo exige que os meninos exibam resultados não só em campo, mas também nas atividades regulares da escola. Os boletins têm que estar em dia, segundo ele. A procura pela escolinha tem sido constante.

Outra inovação que vinha sendo buscada há tempos também está se consolidando neste segundo semestre: a formação de um time feminino, que também já vem treinando aos sábados, no campo do Santa Luzia Esporte Clube, no bairro do Cônego.

Para o restante deste ano, segundo a diretoria, a meta é intensificar os treinos, buscando melhorar ainda mais o desempenho do time para a temporada de 2013 e consolidar esses dois importantes projetos – da escolinha e do time feminino.





compartilhar no