Notícias

Medalhistas olímpicos, mundiais e campeões de Pan ganham área nobre no AHE!

Banco de dados tem fichas dos principais atletas da história nacional nos esportes olímpicos
05/01/2012 04:24 - Atualizado em 05/01/2012 10:37
Por AHE!
RIO

A partir de agora, quem quiser saber quantas e quais medalhas têm os principais atletas brasileiros nas competições internacionais mais importantes só precisa acessar o AHE! Nesta quinta-feira, dia 5 de janeiro, o portal de esportes olímpicos disponibiliza para os internautas a versão inicial do maior banco de dados da internet com os heróis que pintaram de verde-amarelo o pódio da elite mundial. São 846 nomes (VEJA AQUI) que entraram para a história do país pelas suas conquistas nas pistas, campos e ginásios dos quatro cantos do planeta.

Ficha de Cesar Cielo no AHE!

Estão todos lá, de Guilherme Paraense, pioneiro brasileiro na conquista do ouro olímpico, a Cesar Cielo, campeão dos Jogos, de Mundiais e Pans. Heróis do passado em esportes tradicionais, como os medalhistas de basquete Wlamir Marques, Amaury Passos e Rosa Branca, e ídolos das modalidades mais modernas, feito Emanuel e Adriana Behar do vôlei de praia, são igualmente homenageados.

O critério inicial para entrar na primeira versão da galeria verde-amarela do AHE! foi ser medalhista olímpico, em Mundial ou campeão dos Jogos Pan-Americanos. Com essa definição, o banco de dados abrange 29 esportes.

Em termos de Mundial, alguns detalhes são levados em conta. Na vela, estão no banco de dados as medalhas conquistadas nas recentes edições que reúnem as classes olímpicas a cada quatro anos, desde 2003, e classificam para os Jogos. Já no vôlei de praia, entram na galeria aqueles atletas que sobem no pódio do campeonato realizado em biênios a partir de 1997, no meio do Circuito.

Futebol também tem vez, mas com critério um pouco diferente

Ficha de Ronaldinho GaúchoO AHE! também incluiu os jogadores de futebol na galeria verde-amarela. São 161 nomes. Só que, como o esporte é o mais popular e vitorioso do país, tendo espaço de sobra na mídia nacional, o portal adotou um critério um pouco diferente para os boleiros serem incluídos na primeira versão do banco de dados. O filtro foi pelos que ganharam medalhas olímpicas ou foram campeões do Pan. Por isso, alguns atletas que subiram no pódio das Copas com a amarelinha ainda estão fora.

Pelé, Zagallo e Cafu, três supercampeões do futebol, estão muito bem acompanhados à espera da inclusão na galeria. Também entrarão ainda no banco de dados ícones dos esportes olímpicos como a nadadora Maria Lenk, o boxeador Éder Jofre e o tenista Gustavo Kuerten, o queridíssimo Guga, três que, por diferentes razões, não tiveram sorte nas principais competições do critério estabelecido pelo AHE!

Assim como eles, outros que em breve serão inseridos na galeria verde-amarela são ídolos e referências de modalidades que ainda precisam de mais tradição e desenvolvimento para atingir essas conquistas adotadas como condição necessária de inclusão nessa versão inicial. Do grupo, destacam-se os artistas aquáticos dos saltos ornamentais e nado sincronizado, sendo Juliana Veloso o melhor dos exemplos de atleta que merece ser homenageado, mas que logo farão parte do banco de dados.

Ficha de Joaquim Cruz

Mas, enquanto esses nomes não entram na galeria, é hora de lembrar os supercampeões que já estão lá e, no que depender do AHE!, nunca vão cair no esquecimento. E são tantos, como Joaquim Cruz, AlgodãoDanielle Zangrando, Tetsuo Okamoto, Everton Lopes, Claudio Kano, Wenceslau Malta, Peixinho, Raul Bagattini, Luisa Parente, Leandro Macedo, Fernandão, Cláudio Biekarck... Não conhece algum deles? Então, clique logo AQUI e navegue à vontade pela história do esporte olímpico brasileiro!


compartilhar no