Karatê

Retrospectiva 2011: Medalha histórica no Pan foi o destaque do ano no karatê

Em Guadalajara, brasiliense Lucélia Ribeiro Brose sagrou-se tetracampeã da competição
01/01/2012 13:02 - Atualizado em 01/01/2012 13:05
Por AHE!
RIO

A medalha de ouro conquistada pela brasiliense Lucélia Ribeiro Brose em outubro, nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, foi o grande destaque do karatê brasileiro em 2011. É bem verdade que o país conquistou mais quatro medalhas de bronze no torneio, com Jessica Candido (-50kg), Valeria Kumizaki (-55kg), Douglas Brose (-60kg) e Wellington Barbosa (-84kg), mas nenhuma delas teve o mesmo peso de Lucélia.

 

Até então dona de três medalhas de ouro na competição (Winnipeg/99, Santo Domingo/2003, Rio/2007), a brasiliense chegou à final da categoria até 68kg enfrentando a mexicana Yadira Lira. Apesar de toda a pressão da torcida local a favor da atleta da casa, Lucélia conseguiu levar a luta até o fim, e, após empate por pontos, na decisão dos árbitros ficou com seu quarto ouro na história.

 

- Essa conquista não foi só minha, mas de todos que durante esses anos me apoiaram direta ou indiretamente. O karatê está agora escrito na história do esporte brasileiro e um dia ele terá o lugar que merece - declarou Lucélia.

 

Leia mais: Brasileira conquista o tetracampeonato pan-americano no karatê

 

Fora dos Jogos Pan-Americanos, a competição mais importante para o país em 2011 foi o Pan de karatê, também disputado em Guadalajara, em maio.

 

O Brasil ficou em segundo lugar no quadro geral de medalhas, atrás apenas da Venezuela. Além de Lucelia e seu marido Douglas Brose, a seleção verde e amarela também conquistou ouro com Valéria Kumizake e a equipe feminina de Kumitê. Beatriz Janini, Wellington Barbosa e Jeanis Colzani conquistaram a medalha de bronze.

 

Leia mais: Lucélia de Carvalho diz que trocaria conquistas pessoais por valorização do karatê


compartilhar no