Esgrima

Retrospectiva 2011: Esgrima brasileira conquistou bons resultados no ano

Com bronze no Pan, Guilherme Toldo foi o destaque da modalidade
01/01/2012 22:11 - Atualizado em 13/11/2012 16:50
Por AHE!
RIO

Três medalhas no Pan de Guadalajara, cinco no Sul-Americano da Venezuela e mais três no Pan da modalidade, nos Estados Unidos. Com esse retrospecto não se pode dizer que a temporada de 2011 foi ruim para a esgrima brasileira, mas é de se esperar que o desempenho melhore, caso o país queira realmente conquistar espaço no cenário olímpico e mundial.

 

Na principal competição do ano, no México, as três medalhas de bronze vieram pelas mãos do gaúcho Guilherme Toldo, no florete individual, e das equipes de sabre masculino, formada Renzo Agresta, William Zeytounlian e Tywilliam Guzenski, e florete masculino, com Guilherme Toldo, Heitor Shimbo e Fernando Scavasin. Toldo fechou o ano com mais uma conquista, sendo escolhido pelo Comitê Olímpico Brasileiro como o melhor esgrimista da temporada, recebendo a homenagem durante o Prêmio Brasil Olímpico, no Theatro Municipal, no Rio de Janeiro.

 

Foi um ano intenso para os atletas brasileiros, com Copa do Mundo de espada feminina sendo realizada no Rio de Janeiro (sem medalhas para o país), e alguns de nossos melhores esgrimistas percorrendo o mundo em busca de competições que valessem pontos no ranking mundial. Número um do Brasil no sabre, Renzo Agresta foi um desses atletas, e ocupa atualmente a 38ª colocação no ranking e já com um pé em Londres.

 

No Sul-Americano da modalidade, na Venezuela, o país subiu no alto do pódio com Athos Schwantes, na espada individual, e com Thais Rochel, no florete. Às vésperas do Pan, Thais recebeu a notícia de que fora flagrada em um exame antidoping e ficou fora da competição. Karina Lakerbai, no sabre, e Guilherme Toldo, no florete, conquistaram medalhas de prata, enquanto Bia Bulcão foi bronze no florete.

 

Outras três medalhas foram conquistadas no Pan-Americano da modalidade, nos Estados Unidos. Renzo Agresta conquistou o bronze no sabre individual, assim como as equipes masculina e feminina de florete.

 

  

compartilhar no