Rugby

Retrospectiva 2011: Ano de bons resultados e conquistas importantes no rugby brasileiro

Seleções de XV e Sevens começaram a dar primeiros passos fora da América do Sul
31/12/2011 12:00 - Atualizado em 31/12/2011 12:00
Por AHE!
RIO

A temporada 2011 para o rugby brasileiro foi marcada por resultados animadores e conquistas importantes, dentro e fora de campo. As seleções brasileiras de XV e de Sevens mostraram uma grande evolução e ratificaram a posição do país como uma das principais forças do continente. A meta agora é tentar conquistar espaço fora da América do Sul.

 

O ano começou com um resultado impressionante. No Sul-Americano de Sevens o Brasil venceu a Argentina por 7 a 0, no Rio Grande do Sul, impondo a primeira derrota de nossos vizinhos dentro do continente em 50 anos. Além da vitória, a vaga para o Pan de Guadalajara foi bastante comemorada. O resultado no México, porém, poderia ter sido um pouco melhor, apesar do empate com a excelente seleção dos Estados Unidos. A equipe acabou eliminada nas quartas de final.

 

- Esse foi um ano em que trabalhos muito, desde o início. Foi um ano muito importante para o nosso esporte. Infelizmente no Pan não tivemos um resultado tão positivo, mas pudemos participar de diversos torneios internacionais, na Argentina, e até na Inglaterra. Disputamos um torneio em Londres, no maior estádio de rugby da Europa – declarou Diego Lopez, referindo-se ao tradicional MiddleSex Sevens, em Twickenham.

 

Leia mais: São José conquista o título do Brasileiro de Rugby 2011

 

Eleito melhor jogador de rugby em 2011 pelo COB, Diego fez questão de dividir a homenagem com os companheiros.

 

- Para mim foi uma honra muito grande. O rugby é um esporte coletivo, e ganhar um prêmio individual é muito orgulho, mas não posso deixar de agradecer demais aos parceiros do meu time pelo conhecimento coletivo. Faz 10 anos que eu defendo a seleção brasileira, desde a seleção juvenil, e poder representar meus companheiros é uma honra muito grande – ressaltou o jogador do Pasteur.

 

Leia mais: Nova Zelândia vence a França e conquista o título da Copa do Mundo de rugby

 

No rugby XV, o Brasil disputou pela primeira vez um torneio fora da América do Sul. Na Emirates Cup, duas derrotas, para o Quênia e Hong Kong, e uma vitória sobre a seleção dos Emirados Árabes. A seleção feminina seguiu como a principal do continente, mas precisa disputar mais competições na Europa para não perder esse nível.

 

Na Copa do Mundo deste ano, disputada na Nova Zelândia, os All Blacks se impuseram em casa e conquistar o seu segundo título da competição. Na final, vitória sobre a França por 8 a 7. A Inglaterra venceu o Six Nations, e a Austrália o Tri Nations.

 

Entre os clubes, São José e SPAC seguiram reinando absolutos. No Super 10, título com louvor do São José, que derrotou o Bandeirantes na final por 27 a 10. No Brasileiro de Sevens mais uma vez deu São José entre os homens. No feminino, vitória do SPAC, mas com dificuldade, em cima do Niteroi Rugby por 12 a 7.

 

Leia mais: São José e SPAC conquistam os títulos do Brasileiro de rugby sevens


compartilhar no