Badminton

Retrospectiva 2011: Intercâmbio ajuda modalidade na conquista de resultados inéditos

Daniel Paiola se firma como o principal nome do esporte e leva o bronze no Pan
30/12/2011 11:00 - Atualizado em 30/12/2011 11:00
Por AHE!
RIO

Daniel Paiola vai agora em busca de uma vaga nos Jogos Olímpicos de Londres - COBO ano de 2011 para o badminton mostrou que investimento pode significar muito na trajetória de uma modalidade. Antes sem verba para viajar e fazer intercâmbios em centros onde o esporte é mais desenvolvido, os atletas, enfim, puderam aperfeiçoar suas técnicas durante um período de treinamento na Ásia. O resultado foi a conquista da medalha de bronze de Daniel Paiola, número 1 brasileiro e 82 do mundo, em Guadalajara, no México, apenas a segunda do Brasil no esporte em Jogos Pan-Americanos (e a primeira em simples).

- O projeto do badminton está inserindo os atletas em competições internacionais, mas nossa equipe ainda é jovem, tenho 22 anos e sou um dos mais velhos. Há espaço para crescermos até o Pan de Toronto, em 2015, e os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016 – disse Daniel após a conquista da medalha inédita.

Irmãs Vicente mostraram que o futuro pode ser brilhante - COBEleito pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) o atleta do ano no badminton, o paulista briga atualmente por melhor ranking para se classificar para os Jogos de Londres 2012. A evolução aparece também na equipe feminina. Lohaynny Vicente, atleta do projeto Miratus, da Comunidade da Chacrinha, no Rio de Janeiro, aos 15 anos já aparece na 118ª posição do ranking mundial feminino adulto. A jovem carioca teve destaque ao vencer um torneio em Barbados, em simples e nas duplas, com sua irmã Luana.

A parceria dela com Luana foi positiva e as Vicente terminaram 2011 na 60ª colocação na lista de duplas da federação mundial. Elas venceram em Barbados e ainda foram campeãs do Miami International. Isso tudo no ano em que o badminton provou que, com um pouco de investimento e planejamento, pode chegar ainda mais longe se houver estrutura digna para os atletas.


compartilhar no