Hóquei sobre grama

Retrospectiva 2011: Esporte sofre e sequer vai aos jogos Pan-Americanos de Guadalajara

Entre as modalidades olímpicas do país, hóquei sobre grama foi o único ausente na competição
29/12/2011 11:00 - Atualizado em 29/12/2011 11:00
Por AHE!
RIO

Thalita Cabral em ação pela seleção brasileira em 2011 - Divulgação Pouco conhecido e sofrendo com as faltas de estrutura, apoio e desenvolvimento, o hóquei sobre grama passou 2011 sem ter o que comemorar. Fora dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, o esporte foi o único olímpico em que o Brasil não esteve representado.

A seleção masculina até conseguiu sua vaga com o sétimo lugar na Copa América. Entretanto, numa jogada de bastidores, a Federação Internacional obrigou o Brasil a enfrentar Cuba num play-off. Nestas duas partidas, os brasileiros acabaram derrotados.

 

Leia mais: Sem atletas federados, hóquei sobre grama engatinha para poder competir em 2016

No Pan-American Challenge Cup, espécie de Série B do Campeonato Pan-Americano, os homens subiram de divisão (Campeonato Pan-Americano) e podem brigar por uma vaga nos Jogos Pan-Americanos de 2015, em Toronto, no Canadá. A seleção feminina, entretanto, não conseguiu ao ser eliminada pela Guiana. Agora, para ela, o sonho de um novo Pan apenas em 2019.

Pelo Desterro, Tahlita Cabral (uniforme branco) em jogo pelo Brasileiro - DivulgaçãoThalita Cabral, jogadora do Desterro (SC) e escolhida melhor atleta da modalidade no Prêmio Brasil Olímpico, sente na pele todo o problema. Mesmo atuando por uma equipe de Santa Catarina, ela mora em São Paulo e trabalha numa academia para ganhar dinheiro.

- Estudo e também trabalho para poder me sustentar. Meus chefes me apoiam, são pessoas maravilhosas. Sempre que vou para alguma competição, aviso com antecedência e eles me liberam – disse, acrescentando.

- Treino com orientação do preparador físico e da nutricionista. Isso não me atrapalha em relação ao meu time, pois as jogadoras do elenco estão comigo na seleção brasileira também. O entrosamento não é problema – enfatizou.

No cenário nacional, as disputas do Campeonato Brasileiro ficaram resumidas entre times do Rio de Janeiro e Santa Catarina. Tanto no masculino quanto no feminino, Florianópolis levou a melhor sobre o Carioca Hóquei Clube.


compartilhar no