Jogos Pan-Americanos de Chicago 1959

CidadeChicago, Estados Unidos  

Países participantes25

Atletas2.263

Abertura27 de Agosto de 1959

Modalidades disputadas18

Delegação Brasileira219

Encerramento07 de Setembro de 1959

Quadro de Medalhas

Pos País  
1 Estados Unidos 115 69 52   236
2 Argentina 9 19 11   39
3 Brasil 8 8 6   22
4 México 6 11 12   29
5 Canadá 5 19 24   48
6 Chile 5 2 6   13
7 Jamaica 2 4 8   14
8 Cuba 2 4 4   10
9 Bahamas 2 0 0   2
10 Venezuela 1 7 7   15
11 Uruguai 1 3 4   8

+ sobre os Jogos Pan-Americanos de Chicago 1959

Dentro de casa, o domínio norte-americano já era esperado. Porém, a superioridade técnica foi incontestável e houve um “massacre” dos anfitriões nos Jogos Pan-Americanos de Chicago. Os Estados Unidos conquistaram 115 medalhas de ouro, que representaram 12 vezes mais do que as do segundo colocado (Argentina, com nove).


Pela primeira vez, a competição permitiu a cada país inscrever três atletas por prova, o que acentuou ainda mais a desigualdade entre os norte-americanos e os concorrentes.  Em mais de 20 provas de atletismo e natação, os EUA ganharam as três medalhas em disputa.


Com oito medalhas de ouro no total, o Brasil alcançou o terceiro lugar. A delegação contou com 219 atletas em Chicago. O país somente não participou da luta olímpica. Assim como nas duas primeiras edições do Pan, Adhemar Ferreira da Silva foi o destaque. Com mais um ouro, o triplista se tornou tricampeão pan-americano.


As meninas do vôlei, com seis vitórias em seis jogos, também deixaram seus nomes marcados em Chicago. E não parou por aí. Repetindo o feito de Eric Tinoco nos Jogos de Buenos Aires, Wenceslau Malta faturou o ouro no pentatlo moderno. E o boxe, com Waldomiro Claudino Pinto e Abrahão Francisco de Souza, rendeu outras duas medalhas douradas para o Brasil.

compartilhar no