Jogos Olímpicos da Cidade do México 1968

CidadeCidade do México, México  

Países participantes112

Atletas5.516 ((4.735 homens e 781 mulheres)

Abertura12 de Outubro de 1968

Modalidades disputadas20

Delegação Brasileira84 (81 homens e 3 mulheres)

Encerramento27 de Outubro de 1968

Quadro de Medalhas

Pos País  
1 Estados Unidos 45 28 34   107
2 União Soviética 29 32 30   91
3 Japão 11 7 7   25
4 Hungria 10 10 12   32
5 Alemanha Oriental 9 9 7   25
6 França 7 3 5   15
7 Tchecoslováquia 7 2 4   13
8 Alemanha Ocidental 5 11 10   26
9 Austrália 5 7 5   17
10 Grã-Bretanha 5 5 3   13
35 Brasil 0 1 2   3

+ sobre os Jogos Olímpicos da Cidade do México 1968

A altitude de 2.300 metros foi decisiva nas Olimpíadas da Cidade do México. Devido a menor resistência do ar, todos os recordes mundias nas provas masculinas de atletismo com menos de 400 metros foram quebrados, assim como no salto em distância e no salto triplo. Porém, o ar rarefeito foi desastroso para as provas de longa distância.

Pela primeira vez uma edição dos Jogos contou com o controle antidoping, mas apenas um atleta foi eliminado por utilizar substâncias proibidas. No pentatlo moderno, o sueco Hans-Gunnar Liljenvall foi desclassificado por excesso de álcool. Também foi a primeira vez que o teste de comprovação de sexo foi utilizado nas provas femininas.

A delegação brasileira voltou do México com três medalhas na bagagem. Nelson Prudêncio conquistou a prata no salto triplo após quatro horas de disputa com Viktor Saneyev, da União Soviética. No boxe, Servílio de Oliveira ficou em terceiro e os velejadores Burkhard Cordes e Reinaldo Conrad também levaram o bronze na categoria flying dutchman.

compartilhar no