Atletas

Esquiva Falcão

Esquiva Falcão Florentino

Nascimento12 de Dezembro de 1989

NaturalidadeJacaraípe/ES

Facebook

Boxe

Conquistas de Esquiva Falcão

  • Jogos Olímpicos

  • Mundial

+ de Esquiva Falcão

Esquiva Falcão Florentino, nascido em 12 de dezembro de 1989, natural da cidade de Jacaraípe, na região metropolitana de Vitória (ES), enfrentou muitas dificuldades pela vida, com uma família humilde, porém rica em sabedoria, alegria e força de vontade.

Quando criança, treinava na academia improvisada por seu pai no quintal de casa, onde esmurrava uma bananeira para aprimorar os socos. Com 15 anos de idade, fez o seu primeiro treino com um de seus irmãos, Thomas Edison Falcão. Não foi apenas uma brincadeira entre irmãos, pois dali, quem tivesse o melhor desempenho, seria o escolhido para iniciar a carreira de boxeador pelo seu pai Adegard Camara Florentino, vulgo Touro Moreno, a lenda do boxe.

Com três semanas treinando com o pai, Esquiva foi para a cidade de São Paulo treinar no Clube São Caetano do Sul. Aos 15 anos não era permitido participar de campeonatos, e diante disso teve que retornar para a casa dos pais no Espírito Santo, onde ficou por seis meses se esforçando com os treinos e pegando as dicas de seu maior ídolo, o pai Touro Moreno. Aos 17 anos foi para o Rio de Janeiro fazer parte do Projeto Raff Giglio, ficando dois anos por lá em treinamento.

Em 2007, participou do Campeonato Brasileiro em Brasília representando o Rio de Janeiro, e assim, permaneceu por dois anos nas competições. Ao final de 2008, foi convocado para a seleção brasileira.

Entusiasmado, conquistou muitas vitórias, mas também, sofreu derrotas que as fizeram lutar e buscar mais, se destacando no Campeonato Pan Americano do Equador, com a conquista da medalha de prata, e no Campeonato Sul Americano de Medelin, com a medalha de bronze.

Em 2011, considerado um dos melhores anos de sua vida no esporte, o pugilista ganhou medalha de bronze no Campeonato Mundial de Boxe em Baku, no Cazaquistão. E na sequência, em 2012, nos jogos Olímpicos de Londres, participando da categoria peso médio (até 76kg), ganhou não só a medalha de prata, mas também todo o Brasil, com sua garra e determinação.

Em Londres, Esquiva Falcão derrotou Soltan Migitinov nas oitavas de final e lutou com o húngaro Zoltán Harcsa nas quartas de final. Na semifinal, venceu o inglês Anthony Ogogo e disputou a final com o polonês Ryota Murat, perdendo por apenas um ponto devido uma punição no último round, que tirou dois pontos do atleta.

Este é o melhor resultado de um brasileiro no boxe olímpico em todos os tempos, considerando que o último medalhista olímpico fora Servílio de Oliveira, bronze em 1968.

Lutas e Conquistas:

2006 – Campeonato Forja dos Campeões (ouro)
2007 – Campeonato Brasileiro (prata) e Campeonato Paulista (ouro)
2008 – Campeonato Brasileiro (prata)
2009 – Campeonato Brasileiro (prata)
2010 – Campeonato Brasileiro (ouro/ melhor atleta)
2011 – Campeonato Brasileiro de Aracajú (ouro/melhor atleta)
2012 – Campeonato Brasileiro de Sergipe (ouro/melhor atleta)

Campeonatos Internacionais:

2008 – Campeonato Pan Americano (prata)
2009 – Campeonato Pan Americano (prata)
2010 – Campeonato Sul-Americano (bronze)
2011 – Campeonato Mundial no Cazaquistão (bronze)
2012 – Campeonato da Bulgária (bronze)
Campeonato da Alemanha (prata)
Campeonato em Porto Rico (ouro)
Campeonato em Cheo Ponte (ouro)
Copa Olímpica (ouro)
Jogos Olímpicos de Londres (prata)

Base de treinamento:

2008/09 e 2010 – Cuba
2009 – Itália
2010 – México, Liga de Boxe WSB
2011 – Cazaquistão
2012 - Londres


Em breve, você poderá conferir aqui um perfil com mais detalhes da vida e carreira do atleta. Inclusive, o espaço está aberto para o próprio personagem dessa história enviar outras informações. Basta entrar em contato pelo e-mail redacao@ahebrasil.com.br
compartilhar no